LINHA DO TEMPO
2014
    • No início de março, Vanessa da Mata fez sua estreia no Carnaval de Salvador. 

      A cantora subiu no trio elétrico como convidada especial de ninguém menos que Ivete Sangalo. 

      Juntas, Vanessa e Veveta cantaram "Boa Sorte/Good Luck" e "Ai, Ai, Ai", ambas de Vanessa da Mata, e contagiaram os milhares de foliões presentes. 

    • Depois de Vanessa da Mata canta Tom Jobim reinar absoluto no topo da lista do iTunes durante quase todos os últimos meses de 2013, o CD mal recebeu o disco de platina e a cantora já entrou em estúdio para a gravação de um novo registro.

      Produzido e gravado pela Sony Music Brasil, com direção de Kassin e Liminha, Segue o Som trás diversas canções inéditas, a maioria autoral, ou seja, compostas pela própria Vanessa.

       

       

    • Dia 25 de março, Vanessa lança seu sétimo trabalho, Segue o Som. A maioria das canções é inédita e autoral, resgatando o talento como compositora que lançou Vanessa ao estrelato.

      Embora a maioria delas tenha sido gravada em 2012, o trabalho foi interrompido pelo convite para a estupenda turnê Vanessa Canta Tom Jobim durante 2013 e amadureceu ainda mais nesse período.

      Revigorada pela experiência, Vanessa revisitou todas as gravações com um olhar renovado e criou mais três músicas que compõem uma obra que flerta com diversos estilos – pop, rock, reggae, dub – sem perder a linha estilística que destaca sua brasilidade.

       

    • No dia 13 de abril o clipe de Segue o Som, faixa-título do novo álbum de Vanessa da Mata, estreia em horário nobre, no programa Fantástico da Rede Globo.

      Cercado de expectativa, a estreia do clipe foi um sucesso! Segue o Som foi gravado na Praia do Diabo e no Morro do Vidigal, no Rio de Janeiro e tem a direção de Dandara Ferreira.

      O clipe ainda conta com a participação especial do cantor Otto. Para assistir basta entrar em nossa área de vídeos!

    • No próximo dia 25 de abril, sexta-feira, Vanessa da Mata faz sua estreia no Circo Voador, no Rio de Janeiro. 

      Esse será o primeiro show da turnê de Segue o Som que promete ser um sucesso em todo o Brasil. 

      Os ingressos estão à venda através do site ingresso.com. 

    • Em fevereiro, foi confirmada a participação de Vanessa da Mata no projeto “Viva Tom Jobim”. Com patrocínio da Nivea, Vanessa foi convidada para estrelar uma série de seis shows gratuitos, em seis capitais brasileiras, com direção e curadoria de Monique Gardenberg e produção musical de Kassin.

      Tom Jobim foi uma das primeiras paixões de Vanessa, “ele era claro, não era rebuscado, não tinha outra pretensão que não fosse atingir com poesia aquela mulher a quem se dirigia”, ressalta Vanessa.

      “Quero mostrar o que a minha geração sente pelo Tom. Depois das novas bossas novas e das eletrônicas, é importante trazer para o público jovem a beleza dessa obra”.

    • Dia 4 de julho, chega às lojas o álbum “Vanessa da Mata canta Tom Jobim”. A seleção reuniu composições dos anos 50, até a célebre parceria com Chico Buarque no início da década de 90, pouco antes da morte de Tom.

      Maestro Eumir Deodato, parceiro de Tom, ficou responsável pelos novos arranjos. Com regravações de 18 clássicos do maestro, entre elas estão “Desafinado”, “Eu sei que vou te amar” e “Samba de uma nota só”

      Para alegria do público, o CD traz ícones da bossa nova, passando pelos sambas-canções, os temas mais líricos e combinando o clássico e moderno.

    • Vanessa, que cantou Jobim no início de sua carreira quando se apresentava em bares de Uberlândia, agora interpreta a obra do compositor em seis shows gratuitos para um público grandioso em Salvador, Recife, Brasília, Porto Alegre, São Paulo e Rio de Janeiro.

      Só em São Paulo, 120 mil pessoas se uniram para ouvir as pérolas do poeta na interpretação de Vanessa.

    • Com absoluto sucesso de público e crítica, dia 9 de junho acontece a última apresentação gratuitas do projeto: um show emocionante na Praia de Ipanema, no Rio, local que inspirou muitas das canções de Tom.

      No dia seguinte ao lançamento do álbum , 5 de julho, deu-se início à segunda parte da turnê que percorreria todo o Brasil reunindo milhares de fãs por outros sete grandes espetáculos espalhados por todo país.

    • No segundo semestre, já famosa como compositora, Vanessa deu mais um passo importante na sua carreira artística: o de escritora. No dia 18 de outubro, a companhia das Letras lançou “A Filha das Flores”, primeiro livro da cantora.

      O romance é um mergulho no universo mágico de Giza, uma protagonista audaciosa que desvenda o amor, o sexo e suas raízes numa história cheia de poesia, afeto e desejo pela vida.

    • A turnê “Viva Tom Jobim” chega ao fim no dia 29 de novembro, com um show lotado no Teatro Guaíra de Curitiba, Paraná.

      Acompanhada por seis músicos mais uma mini-orquestra de cordas com oito componentes, a artista mato-grossense interpretou as músicas mais conhecidas do maestro carioca com arranjos que foram do tradicional (como “Fotografia”) a roupagens mais modernas, com sonoridade pop (na linha de “Este Seu Olhar”).

      Vanessa contou histórias e explicou detalhes de composições do maestro como “Samba de Uma Nota Só”. “Cantar Tom Jobim é um presente divino”, disse.

    • Encerrando mais um ano com chave de ouro, em dezembro Vanessa foi convidada a subir no palco ao lado de Alexandre Pires para celebrar o Sorteio da Copa do Mundo FIFA 2014.

      Ao lado de Emicida, Alcione, Margareth Menezes e o grupo Olodum, Vanessa representou a música do nosso país numa das cerimônias onde a brasilidade era elemento fundamental de todas as atrações.

    • No Carnaval de 2012, Vanessa desfila pela tradicional escola de samba Portela, caracterizada como a cantora Clara Nunes. Ela cruza a Marquês de Sapucaí como destaque em um carro alegórico vestindo uma réplica da roupa que a saudosa intérprete usou em 1977, durante um musical para o programa “Fantástico”, da Rede Globo, e com uma tiara semelhante à que aparece na capa do disco "Clara Guerreira", de 1978.

    • Em dezembro, Vanessa registra uma série de faixas inéditas para o ainda inédito “Segue o Som”, disco que seria o sucessor de  "Bicicletas, Bolos e Outras Alegrias" não fosse o maravilhoso convite que Vanessa receberia em seguida para uma homenagem ao grande maestro da Bossa Nova.

    • Vanessa da Mata compõe e grava, em parceria com Seu Jorge e o grupo Almaz, a música "Boa Reza" para o mais recente álbum da organização Red Hot, o “Red Hot+Rio 2”. As vendas são revertidas para campanhas de conscientização para o combate à AIDS/HIV e outras questões sociais relacionadas à saúde.

      "Bicicletas, Bolos e Outras Alegrias" é indicado ao Grammy Latino, na categoria Melhor Álbum de Pop Contemporâneo Brasileiro.

      A cantora encerra a turnê "Bicicletas, Bolos e Outras Alegrias", com um total de mais de 100 apresentações.

    • Vanessa da Mata compõe e grava, em parceria com Seu Jorge e o grupo Almaz, a música "Boa Reza" para o mais recente álbum da organização Red Hot, o “Red Hot+Rio 2”. As vendas são revertidas para campanhas de conscientização para o combate à AIDS/HIV e outras questões sociais relacionadas à saúde.

      "Bicicletas, Bolos e Outras Alegrias" é indicado ao Grammy Latino, na categoria Melhor Álbum de Pop Contemporâneo Brasileiro.

      A cantora encerra a turnê "Bicicletas, Bolos e Outras Alegrias", com um total de mais de 100 apresentações.

    • Vanessa recebe o prêmio de Melhor Cantora na categoria Pop/ Rock/ Reggae/ HipHop/ Funk no 22º Prêmio da Música Brasileira.

    • Três anos após o lançamento de um álbum com músicas inéditas, chega às lojas "Bicicletas, Bolos e Outras Alegrias", com a produção assinada por Kassin. Das 12 faixas inéditas, uma é fruto de uma parceria com Lokua Kanza, "Vá", e outra com Gilberto Gil, "Quando Amanhecer". 

      Vanessa inicia a turnê "Bicicletas, Bolos e Outras Alegrias".

    • A cantora lança o CD/DVD "Multishow ao Vivo Vanessa da Mata", registrado na bucólica cidade histórica de Paraty (RJ), em comemoração aos seus seis anos de sucesso. Para promover o trabalho, a canção "Vermelho" é lançada nas rádios.

      Vanessa participa do programa “Estúdio Coca-Cola”, da MTV, em uma parceria com a banda Charlie Brown Jr.

      Conquista o Prêmio Multishow de Melhor Música com "Amado".

      Termina a turnê " Jardim e Perfumes de Sim ", com mais de 180 apresentações.

    • A cantora lança o CD/DVD "Multishow ao Vivo Vanessa da Mata", registrado na bucólica cidade histórica de Paraty (RJ), em comemoração aos seus seis anos de sucesso. Para promover o trabalho, a canção "Vermelho" é lançada nas rádios.

      Vanessa participa do programa “Estúdio Coca-Cola”, da MTV, em uma parceria com a banda Charlie Brown Jr.

      Conquista o Prêmio Multishow de Melhor Música com "Amado".

      Termina a turnê " Jardim e Perfumes de Sim ", com mais de 180 apresentações.

    • A cantora lança o CD/DVD "Multishow ao Vivo Vanessa da Mata", registrado na bucólica cidade histórica de Paraty (RJ), em comemoração aos seus seis anos de sucesso. Para promover o trabalho, a canção "Vermelho" é lançada nas rádios.

      Vanessa participa do programa “Estúdio Coca-Cola”, da MTV, em uma parceria com a banda Charlie Brown Jr.

      Conquista o Prêmio Multishow de Melhor Música com "Amado".

      Termina a turnê " Jardim e Perfumes de Sim ", com mais de 180 apresentações.

    • A cantora lança o CD/DVD "Multishow ao Vivo Vanessa da Mata", registrado na bucólica cidade histórica de Paraty (RJ), em comemoração aos seus seis anos de sucesso. Para promover o trabalho, a canção "Vermelho" é lançada nas rádios.

      Vanessa participa do programa “Estúdio Coca-Cola”, da MTV, em uma parceria com a banda Charlie Brown Jr.

      Conquista o Prêmio Multishow de Melhor Música com "Amado".

      Termina a turnê " Jardim e Perfumes de Sim ", com mais de 180 apresentações.

    • A cantora lança o CD/DVD "Multishow ao Vivo Vanessa da Mata", registrado na bucólica cidade histórica de Paraty (RJ), em comemoração aos seus seis anos de sucesso. Para promover o trabalho, a canção "Vermelho" é lançada nas rádios.

      Vanessa participa do programa “Estúdio Coca-Cola”, da MTV, em uma parceria com a banda Charlie Brown Jr.

      Conquista o Prêmio Multishow de Melhor Música com "Amado".

      Termina a turnê " Jardim e Perfumes de Sim ", com mais de 180 apresentações.

    • A cantora lança o CD/DVD "Multishow ao Vivo Vanessa da Mata", registrado na bucólica cidade histórica de Paraty (RJ), em comemoração aos seus seis anos de sucesso. Para promover o trabalho, a canção "Vermelho" é lançada nas rádios.

      Vanessa participa do programa “Estúdio Coca-Cola”, da MTV, em uma parceria com a banda Charlie Brown Jr.

      Conquista o Prêmio Multishow de Melhor Música com "Amado".

      Termina a turnê " Jardim e Perfumes de Sim ", com mais de 180 apresentações.

    • Em 2008, a música “Amado”, do disco “Sim”, é  tema principal da novela “A Favorita”, da Rede Globo.

      Fatura o Grammy Latino, na categoria Melhor Álbum de Pop Contemporâneo Brasileiro, com "Sim", além da indicação para Melhor Canção Brasileira com "Acode".

      Conquista o Prêmio Multishow de Melhor Música com "Boa Sorte/Good Luck".

    • Em 2008, a música “Amado”, do disco “Sim”, é  tema principal da novela “A Favorita”, da Rede Globo.

      Fatura o Grammy Latino, na categoria Melhor Álbum de Pop Contemporâneo Brasileiro, com "Sim", além da indicação para Melhor Canção Brasileira com "Acode".

      Conquista o Prêmio Multishow de Melhor Música com "Boa Sorte/Good Luck".

    • Em 2008, a música “Amado”, do disco “Sim”, é  tema principal da novela “A Favorita”, da Rede Globo.

      Fatura o Grammy Latino, na categoria Melhor Álbum de Pop Contemporâneo Brasileiro, com "Sim", além da indicação para Melhor Canção Brasileira com "Acode".

      Conquista o Prêmio Multishow de Melhor Música com "Boa Sorte/Good Luck".

    • Chega ao mercado o terceiro álbum de Vanessa da Mata: “Sim”. Produzido por Kassin e Mario Caldato, o CD teve cinco faixas gravadas na Jamaica com a participação dos ícones locais Sly & Robbie.

      A grande parceria foi o astro americano Ben Harper, com quem Vanessa divide os vocais na canção “Boa Sorte/Good Luck”, sucesso absoluto nas rádios do Brasil e em diversos países.

      Tem início a turnê “Jardim e Perfumes de Sim”.

    • Chega ao mercado o terceiro álbum de Vanessa da Mata: “Sim”. Produzido por Kassin e Mario Caldato, o CD teve cinco faixas gravadas na Jamaica com a participação dos ícones locais Sly & Robbie.

      A grande parceria foi o astro americano Ben Harper, com quem Vanessa divide os vocais na canção “Boa Sorte/Good Luck”, sucesso absoluto nas rádios do Brasil e em diversos países.

      Tem início a turnê “Jardim e Perfumes de Sim”.

    • Chega ao mercado o terceiro álbum de Vanessa da Mata: “Sim”. Produzido por Kassin e Mario Caldato, o CD teve cinco faixas gravadas na Jamaica com a participação dos ícones locais Sly & Robbie.

      A grande parceria foi o astro americano Ben Harper, com quem Vanessa divide os vocais na canção “Boa Sorte/Good Luck”, sucesso absoluto nas rádios do Brasil e em diversos países.

      Tem início a turnê “Jardim e Perfumes de Sim”.

    • Chega ao mercado o terceiro álbum de Vanessa da Mata: “Sim”. Produzido por Kassin e Mario Caldato, o CD teve cinco faixas gravadas na Jamaica com a participação dos ícones locais Sly & Robbie.

      A grande parceria foi o astro americano Ben Harper, com quem Vanessa divide os vocais na canção “Boa Sorte/Good Luck”, sucesso absoluto nas rádios do Brasil e em diversos países.

      Tem início a turnê “Jardim e Perfumes de Sim”.

    • “Ai ai ai...” torna-se a música nacional mais executada nas rádios. As ótimas vendagens de “Essa boneca tem manual” rendem um Disco de Platina à cantora.

      Conquista o Prêmio Multishow de Melhor Música com "Ai, Ai, Ai".

      Chega ao fim a “Essa Boneca Tem Manual Tour”, com mais de 100 shows realizados.

    • Depois do grande sucesso com seu primeiro disco, Vanessa lança outro trabalho que recebe ótimas críticas e faz crescer ainda mais sua legião de seguidores. “Essa boneca tem manual”, produzido por Liminha, traz o mega hit "Ai ai ai...". Outros sucessos são ''Ainda bem'' e "Não chore homem". Destaque também para as regravações de “Eu sou Neguinha” (Caetano Veloso), que entra na novela “A Lua me disse”, e "História de uma gata" (Chico Buarque).

      Tem início a “Essa Boneca Tem Manual Tour”.

    • Vanessa da Mata excursiona pelo Brasil apresentando as músicas de seu álbum de estreia.

    • Início efetivo da carreira solo de Vanessa da Mata. Após destacadas participações em shows de Milton Nascimento, Maria Bethânia e de Baden Powell, ela lança seu primeiro álbum de estúdio, “Vanessa da Mata”, com produção de Liminha, Jaques Morelenbaum, Luiz Brasil, Dadi e do sempre presente Kassin. Os destaques ficam por conta de “Nossa Canção”, trilha sonora da novela “Celebridade”, “Não me Deixe só”, que estoura nas pistas com o remix de Ramilson Maia, e “Onde Ir”, da novela “Esperança”.

    • Início efetivo da carreira solo de Vanessa da Mata. Após destacadas participações em shows de Milton Nascimento, Maria Bethânia e de Baden Powell, ela lança seu primeiro álbum de estúdio, “Vanessa da Mata”, com produção de Liminha, Jaques Morelenbaum, Luiz Brasil, Dadi e do sempre presente Kassin. Os destaques ficam por conta de “Nossa Canção”, trilha sonora da novela “Celebridade”, “Não me Deixe só”, que estoura nas pistas com o remix de Ramilson Maia, e “Onde Ir”, da novela “Esperança”.

    • Bethânia grava outra música de autoria de Vanessa. Desta vez, ela registra “O Canto de Dona Sinhá”, do álbum “Maricotinha”, que, inclusive, conta com a participação de Caetano Veloso, na versão ao vivo.

    • No mesmo ano, estreia parceria com Ana Carolina. A faixa “Me Sento na Rua” fecha o segundo disco de estúdio da cantora mineira, “Ana Rita Joana Iracema e Carolina”.

    • Outra estrela da música baiana inclui uma música de Vanessa da Mata em seu repertório. Daniela Mercury empresta sua voz à canção “Viagem”, do CD “Sol da Liberdade”.

    • A faixa "A força que nunca seca", composta em parceria com Chico César, é gravada por Maria Bethânia e dá nome ao álbum da cantora, que é indicado ao Grammy Latino, no ano seguinte.

    • Este ano foi um divisor de águas na vida de Vanessa. Ela conhece o cantor e compositor Chico César, com quem passa a compor.

    • Entra para a banda jamaicana Black Uhuru e também para o grupo de ritmos regionais Mafuá. Simultaneamente, Vanessa divide seu tempo modelando e jogando basquete.

    • Aos 16 anos, Vanessa troca Uberlândia por São Paulo, onde passa a integrar a banda feminina de reggae Shalla-Ball.

    • Vanessa muda-se para Uberlândia com o intuito de se preparar melhor para o vestibular de Medicina, ao mesmo tempo que decide se dedicar, também, à música.

      Um ano depois, faz sua estreia nos bares da cidade mineira cantando um repertório variado entre MPB e reggae.

    • Em 10 de fevereiro, nasce Vanessa da Mata, na cidade de Alto Garças, em Mato Grosso.

    • Em 10 de fevereiro, nasce Vanessa da Mata, na cidade de Alto Garças, no Mato Grosso.

    • Em 10 de fevereiro, nasce Vanessa da Mata, na cidade de Alto Garças, no Mato Grosso.

    • Em 10 de fevereiro, nasce Vanessa da Mata, na cidade de Alto Garças, no Mato Grosso.